You are currently viewing Posts orgânicos versus posts pagos: Qual a melhor opção?

Posts orgânicos versus posts pagos: Qual a melhor opção?

As redes sociais têm um papel fundamental em qualquer estratégia de marketing, e são um dos elementos chave para que uma marca possa ter sucesso. Porém, o que muitos desejam impulsionar são os resultados dos posts orgânicos.

Para além da comunicação, as publicações em redes sociais também atuam como “vitrines” de produtos e serviços. Nesse sentido, é muito importante saber a diferença entre o alcance orgânico e pago.

Serão somente os posts patrocinados que conseguem ter mais alcance atualmente? Ainda é possível trabalhar a notoriedade de uma marca com alcance orgânico? Vai saber as respostas para estas perguntas todas hoje, aqui no artigo!

Posts orgânicos e posts pagos: Conheça as diferenças e características

As redes sociais possuem um alcance incrível, por isso são vistas como ferramentas imprescindíveis na estratégia de marketing de qualquer negócio. E o melhor é que são democráticas, ou seja, qualquer pessoa pode utilizar este espaço de comunicação.

As publicações, ou posts, são um dos principais recursos de redes sociais como Facebook e Instagram. Podem consistir em textos, fotos ou vídeos partilhados por um utilizador com os seus seguidores.

Como estratégia de publicidade, o objetivo desses posts é conseguir o maior número possível de interações, seja com likes, partilhas ou comentários. O grande objetivo é alcançar ainda mais visibilidade para aquela marca ou empresa.

Tudo isto vai depender do alcance da publicação. E, é aí que entram as publicações orgânicas e pagas.

1 – Posts orgânicos

Os posts orgânicos são a forma mais simples de criação de conteúdo nas redes sociais. São textos, fotos ou vídeos publicados numa página, que serão vistos por utilizadores que gostam dessa página. Não há nenhum custo associado, ou seja, não é preciso pagar para que circule.

As principais características são:

  • Uma publicação orgânica não é paga
  • Será vista por qualquer pessoa que entre na página
  • Pode aparecer no feed de quem gosta ou segue a página
  • Não é mostrado a todos os utilizadores que gostam da página

2 – Posts pagos

Por sua vez, os posts pagos ou patrocinados consistem em publicações que recebem investimento financeiro para alcançar um público maior e segmentado.

Esta função faz parte das estratégias de impulsionamento e promoção disponibilizadas pelo Facebook e pelo Instagram Ads. Com este recurso a publicação pode chegar a utilizadores que não seguem a sua página.

Além disso, ao impulsionar um post é possível filtrar as pessoas a quem desejamos que o mesmo chegue. Assim, é possível segmentar o alcance por: localização, idade, género e interesses pessoais.

A quantidade de pessoas alcançadas vai variar de acordo com o valor investido, ou seja, quanto maior o investimento, maior o alcance.

As principais características são:

  • O impulsionamento do post é pago
  • É feito a partir de uma publicação que já existe numa página
  • Permite que o anunciante segmente o público a ser alcançado
  • Possibilita o alcance de utilizadores que gostam ou não da página

Qual dos dois é mais eficiente como meio de divulgação?

É inegável que um post pago tem mais alcance do que o orgânico. Contudo, isso não quer dizer que não é possível trabalhar com este último tipo de publicação.

O fato é que as redes sociais, como Facebook, trabalham com algoritmos para distribuir as publicações na timeline de utilizadores. Este tipo de “filtro” pode reduzir o alcance orgânico com base numa pesquisa de comportamento e preferências.

Portanto, o ideal é apostar nas duas publicações e assim conseguir alcançar o público-alvo. Lembre-se, o segredo de uma publicação paga não é só sobre investir, mas sim no que vai investir. O conteúdo tem de ter destaque. De nada adianta patrocinar qualquer publicação e esperar que isso traga resultados.

É possível ter um alcance muito maior com um conteúdo relevante num post orgânico, do que algo que não interessa à sua audiência num post pago.

Em suma, é totalmente possível ter uma boa estratégia com posts orgânicos, mas também deve considerar em que situações vale a pena investir. É tudo uma questão de equilíbrio para conseguir os melhores resultados.